A Certame apresentou ontem a imagem da nova feira de tecnologias de informação, telecomunicações e imagem. Tal como o TeK noticiou na passada semana, a COMTEC substitui a partir deste ano a Inforpor e Expotelecom - no ano passado unidas numa única feira - agregando ainda as áreas de imaging e fotimag digital.




A organização contratou uma empresa especialista em web design, planeamento estratégico e publicidade para transmitir numa imagem e slogan, o conceitos de "universo integrado" de áreas que se misturam naturalmente "nas estratégias das empresas, que cada vez mais desenvolvem produtos e serviços abrangentes e transversais" explicou Paula Januário, responsável pelo evento.




Entre as novidades, a edição deste ano conta com um tema específico para cada dia de feira: mobilidade, banda larga, empresa digital e imagem e multimédia. A escolha dos temas em destaque não tem propriamente a ver com as áreas abrangidas pela feira. São antes "temas actuais e que achamos que vão cativar participantes e visitantes", explica Paula Januário. É nestes temas que as actividades da feira se orientarão diariamente.




Os horários para particulares e público em geral são este ano diferenciados, com o objectivo de delinear melhor as duas componentes, dando mais espaço aos profissionais. Estes terão acesso exclusivo ao espaço todos os dias, entre as 14 e as 18 horas, e o público em geral a partir daí até às 22 horas, com excepção do Sábado em que os dois públicos se misturam.




Paula Januário explicou na conferência de imprensa que a organização está a tentar estabelecer um leque diversificado de parcerias, que resultem em mais valias para os participantes, sem adiantar para já o tipo de acordos em vista.




Para o site estão também a ser delineadas algumas parcerias sobre as quais a organização não avança também pormenores, limitando-se a garantir que a plataforma de inscrição no evento e informação sobre o mesmo estará disponível em breve.




No que respeita aos preços de participação da COMTEC - "Fluxo de Informação" - serão idênticos aos de anos anteriores. A organização considera que os custos de presença na feira são comportáveis, desde que as empresas não deixem de medir a relação custo benefício do modelo de participação que adoptam, dimensionando os seus investimentos, explicou Paula Januário lembrando que a organização não actualiza os preços praticados há vários anos.




Os contactos com as empresas que participam regularmente no evento começam na próxima semana, embora a organização admita ter já um feed back positivo de alguns contactos preliminares.




Notícias Relacionadas:


2004-05-21 - COMTEC sucede à feira de tecnologias Inforpor/Expotelecom

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.