A Cisco quer comprar o Skype antes que a empresa complete o seu processo de IPO (entrada em bolsa), afirma o editor do blog especializado em tecnologia TechCrunch, citando "uma das suas fontes mais fiáveis".

A informação é avançada numa mensagem publicada ontem, na qual Michael Arrington realça que o rumor não foi ainda confirmado pelas empresas - mas afirma também que é normal que assim seja neste tipo de negociação, principalmente quando uma das empresas se prepara para entrar no mercado de valores mobiliários.

De acordo com a mesma fonte, a oferta da Cisco deverá rondar os 5 mil milhões de dólares (3,9 mil milhões de euros), para ser considerada interessante pelos responsáveis pelo Skype, que esperam que a empresa seja avaliada num valor próximo desse, quando entrar em bolsa.

O serviço que permite efectuar chamadas de voz sobre IP (VoIP) conta actualmente com mais de 560 milhões de utilizadores registados, dos quais 124 milhões usaram o serviço durante o primeiro semestre deste ano. Quarenta por cento efectuaram chamadas de vídeo.

Os números tornam o Skype atractivo para várias empresas - como a Google, que alegadamente também já terá considerado a hipótese de aquisição, mas a Cisco, enquanto fornecedora de soluções de comunicação, teria especial interesse. A possibilidade de integração da tecnologia (e clientes) no seu serviço de videoconferência WebEX é uma das razões apontadas.

No final de 2009, o Skype foi vendido pelo eBay a um grupo de investidores controlado pela Silver Lake Ventures, por 1,9 mil milhões de dólares (cerca de 1,49 mil milhões de euros, às taxas actuais), mantendo o site de leilões uma participação de 30 por cento no serviço.

No início deste mês foi feito o registo que dá incío ao processo de IPO, para a colocação em bolsa da empresa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.