Desde que Steve Jobs anunciou o lançamento do iPhone na MacWorld, as expectativas em redor do aparelho não param de aumentar. Apesar do sucesso precoce, nem tudo começou bem para a empresa norte-americana já que, apenas um dia depois do anúncio, surge a notícia de que a Cisco Systems já instaurou uma queixa num tribunal da Califórnia, acusando a Apple de "apropriação de uma marca comercial já registada".



A Cisco alega em comunicado que com este processo pretende "evitar que a Apple infrinja e copie de forma deliberada a marca registada iPhone", que a empresa adquiriu em 2000 depois de comprar a Infogear, que já vendia produtos com este nome há vários anos. O registo da marca, por parte da Infogear, aconteceu a 20 de Março de 1996, escreve a Europa Press.



O vice-presidente da Cisco, Mark Chandler, alega que a empresa "iniciou negociações pacíficas com a Apple depois de pedirem permissão para utilizar o nome [...] contudo não o deveriam ter feito sem o nosso consentimento", refere.



O mesmo responsável afirma ainda que a convergência entre telemóveis, telefone de trabalho e computador pessoal tem um potencial ilimitado, sendo por isso "necessário proteger a marca".



A apresentação do iPhone - versão Apple - decorreu esta semana e ficou marcada pela promessa de Steve Jobs em "reinventar o conceito de telemóvel". A aposta da fabricante norte-americana converte-se numa das mais ambiciosas para o futuro, sendo por isso difícil a renuncia à marca, já que esta conjuga, num único termo, a aliança entre o leitor de Mp3 iPod e um telefone móvel.

Notícias Relacionadas:

2007-01-10 - Steve Jobs apresenta iPhone e Apple TV na Macworld

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.