Está assinado o acordo que vai permitir dar continuidade ao projecto Qimonda Solar, uma área de negócio da Qimonda que irá empregar numa primeira fase 400 pessoas, um valor que a prazo pode ascender a 600, relata a TSF.

InovCapital, EDP, DST, Visabeira, BCP, BES integram o consórcio que investe 150 milhões de euros na aquisição de 51 por cento do capital da sociedade que a Qimonda mantinha nesta área.

A Qimonda Solar é uma unidade de produção de células fotovoltaica, ainda em fase de desenvolvimento, criada no ano passado no âmbito de uma parceria com a Centrosolar.

O novo negócio, que teve o patrocínio do Governo, através do Ministério da Economia, vai contar com o financiamento do BES e do BCP.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.