Um inquérito lançado pela UIT revela que 51 por cento dos utilizadores de Internet consideram seguras as redes de comunicações a que acedem, onde se incluí a Internet.



Cerca de 60 por cento afirmam sentirem-se confortáveis na navegação na Web e nas transações electrónicas e 80 por cento consideram o roubo de informação pessoal, vírus e a espionagem digital como principais preocupantes no que diz respeito à segurança na rede.



A falta de confiança depositada nas transacções na rede, levam mesmo 64 por cento dos inquiridos a evitar efectuar este tipo de actividade online.



O estudo divulgado pela Anacom, apurou que 91 por cento dos inquiridos acreditam que o desenvolvimento de padrões e melhores práticas ao nível internacional poderão ajudar a reduzir os riscos existentes.



O estudo da UIT realizou-se através de um questionário online a 400 inquiridos e teve como principal objectivo apurar o nível de confiança dos cidadãos nas transações electrónicas, bem como os seus conhecimentos no âmbito da cibersegurança.



Notícias Relacionadas:

2006-05-16 - Cibersegurança no centro do Dia Mundial da Sociedade da Informação

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.