A Dell informa em comunicado que no primeiro trimestre fiscal deste ano, que acabou no passado dia 4 de Maio, obteve lucros na ordem dos 759 milhões de dólares, o que representa um ligeiro decréscimo face aos resultados obtidos no período homólogo - 762 milhões de dólares.




A fabricante norte-americana refere que o volume de vendas ascendeu aos 14,6 mil milhões de dólares, superando os valores antecipados pelos analistas, que variavam entre os 13,9 e os 14,1 mil milhões de dólares.




Paralelamente à apresentação dos resultados, a Dell anunciou que nos próximos 12 meses irá reduzir a equipa de trabalho da empresa em 10 por cento, o que corresponde aproximadamente a 8 mil empregados. A operação estende-se a várias regiões geográficas e segmentos de mercado e tem como objectivo a redução dos custos da companhia para que esta recupere a posição que já ocupou no mercado.




Com as suas contas a serem investigadas pela Comissão de Valores norte-americana, a empresa norte-americana enfrenta uma das fases menos positivas dos últimos tempos. Em Janeiro deste ano Michael Dell, fundador da empresa, regressou ao comando da companhia substituindo Kevin Rollins e desde então a fabricante tem vindo a sofrer uma série de alterações ao nível do negócio.




Após pedir a colaboração dos clientes para que estes expressem ideias acerca do que gostavam de ver incluído nos produtos da marca, a Dell anunciou que havia alargado o canal de vendas ao mercado retalhista através de um acordo com a cadeia de lojas Wal-Mart.




Notícias Relacionadas:

2007-05-25 - Dell altera modelo de venda de PCs em acordo com Wal-Mart

2007-04-20 - Dell volta a comercializar computadores equipados com Windows XP

2007-04-02 - Dell confirma venda de computadores com Linux pré-instalado

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.