De acordo com os dados publicados no estudo "eGlobal: Demographics and Usage", da responsabilidade da empresa norte-americana eMarketer, em 2004 o número de utilizadores da Internet ascenderá a 709,1 milhões. Este relatório revela ainda que os cibernautas aumentaram perto de 20 por cento durante o ano passado, o que representa 445,9 milhões de utilizadores da Net espalhados por todo o mundo.



Ao contrário do que se poderia esperar, os acontecimentos de 11 de Setembro só vieram sublinhar a necessidade que as pessoas têm de estar em contacto através do correio electrónico ou do instant messaging e, de acordo com os resultados desta análise, embora o crescimento esteja a abrandar nos mercados mais avançados, a tendência inverte-se quando falamos de regiões menos evoluidas.



A região da América Latina, por exemplo, deverá crescer uma média anual de 40 por cento entre 2000 e 2004. Já na América do Norte a saturação do mercado vai conduzir a um crescimento menor, de apenas 14,3 por cento. Esta mudança verifica-se também na definição do estereótipo daquilo que era considerado o utilizador normal da Internet, já que cada vez mais os idosos, as minorias e as classes trabalhadoras estão online. De salientar, porém, que neste momento 60 por cento dos utilizadores da Web residem nos países do G7.



Notícias Relacionadas:

2001-11-30 - Norte americanos passam mais tempo na Internet do que a ver televisão

2001-11-14 - Língua inglesa deixa de liderar na Net

2001-11-07 - Acesso e utilização da Internet diminuiu nos últimos meses

2001-07-27 - Metade dos hispânicos residentes nos Estados Unidos utilizam a Internet

2001-07-10 - Internet provoca mudança de hábitos na procura de informação na Europa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.