Os cibernautas espanhóis são os que mais trocam, pela Internet, ficheiros através de redes peer-to-peer (P2P) em toda a União Europeia, revela um estudo recente divulgado pelo site IBLNews.

De entre os ficheiros que mais se trocam, destacam-se os de música. "Na maioria dos casos estas trocas realizam-se forma ilegal, o que pode repercutir-se negativamente no negócio das companhias discográficas", revela o mesmo relatório elaborado pela operadora espanhola de telecomunicações Telefónica.

De entre as conclusões do estudo, de nome "A Sociedade de Informação em Espanha 2003", destaca-se o facto de uma em cada quatro ligações à Internet em Espanha serem de banda larga, maioritariamente através de ADSL, prefazendo um total de 1,6 milhões de ligações deste tipo.

Estes números colocam a Espanha na primeira posição, em termos da União Europeia, no que diz respeito à percentagem deste tipo de ligações à Internet, com 25 por cento – quase o dobro da média europeia. Em segundo, com 13 por cento surgem França e Alemanha, que, em termos absolutos, possuem mais ligações ADSL.

Apesar do bom desempenho do ADSL no país vizinho, a penetração da Internet em Espanha é de apenas 25 por cento - ou 9,6 milhões de internautas com mais de 14 anos - enquanto a média europeia ronda os 42 por cento.

Notícias Relacionadas:

2003-07-21 - Empresas espanholas denunciam internautas por partilha de ficheiros P2P
2003-06-02 - Número de europeus com ligações de banda larga à Internet cresce 136%
2003-02-12 - CE solicita a Estados-Membros que apresentem estratégia para banda larga

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.