O resultado da consulta, que ouviu cerca de 1.000 executivos, revela que só menos de um terço dos gestores referem que a sua organização recorre de forma prioritária às tecnologias, fazendo investimentos nesta área quando pretendem alavancar o crescimento do negócio ou angariar novos clientes.



Para a maioria das organizações, a utilização da tecnologia continua mais focada no apoio a processos de melhoria de eficiência ou redução de custos, apurou o estudo, que enquadrou 59% das respostas nestes domínios.



Para a Accenture, a prioridade que é dada pela maioria das empresas aos investimentos no domínio do digital é errada e não promove a possibilidade de "aproveitar as oportunidades do mercado", defende Bruno Berthon, managing diretor da área de Accenture Strategy, citado na nota de imprensa que resume os dados da pesquisa.



"As próximas vagas de crescimento vão ser cada vez mais dependentes do digital para entrarem em novos mercados, criarem novas experiências para os clientes e entregarem novos produtos e serviços. Mas a verdade é que as organizações não estão a aplicar corretamente os seus investimentos digitais", sublinha o responsável.


O estudo realizado pela Accenture em parceria com o Economist Intelligence Unit contou com a participação de mais de um milhar de executivos de 20 países. A pesquisa teve como principais objetivos medir os níveis de otimismo dos gestores para este ano.


Concluiu que 76% dos inquiridos estão otimistas relativamente a 2014, prevendo o crescimento de receitas nas suas organizações. O estudo refere ainda que 58% dos gestores planeiam investir em mercados externos este ano e 75% querem aumentar o investimento em capital humano.


Os resultados da pesquisa estão a ser apresentados hoje na conferência The Lisbon Summit, um evento promovido pela revista da The Economist.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.