A Google estará agora disposta a pagar entre 5 e 6 mil milhões de dólares (entre 3,8 e 4,6 mil milhões de euros) pela Groupon, avança hoje o The New York Times. Segundo a C|Net, o valor situa-se nos 5,3 mil milhões de dólares (4,06 mil milhões de euros).

Ambos os meios citam fontes com conhecimento do negócio, mas certo é que nem a Google nem a Groupon fizeram ainda qualquer comentário ao negócio reportado como iminente.

Os valores referidos hoje representam um aumento significativo, face aos 2,5 mil milhões de dólares (cerca de 1,9 mil milhões de euros) mencionados ontem, quando surgiram os primeiros rumores garantindo que a gigante das pesquisas estaria a chegar a um acordo com a Groupon.

A empresa que promove a venda online de serviços com base em ofertas diárias a preços de desconto é considerada um dos mais bem sucedidos negócios na Web dos últimos tempos, pelo que o possível negócio tem gerado interesse e expectativa junto dos meios especializados.

A confirmarem-se os últimos valores adiantados, esta será também a aquisição mais cara da história da Google.

Lançado em Novembro de 2008, nos EUA, o Groupon negoceia ofertas com vários negócios locais, comercializando através do seu site, e por tempo limitado, ofertas promocionais para serviços como SPAS, estadias em hotéis, refeições em restaurantes, actividades desportivas ou bilhetes para espectáculos, por exemplo. Actualmente encontra-se presente nos mercados norte-americano, canadiano e europeu, incluindo em Portugal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.