Mereceu o lugar durante dois anos mas acaba de o perder. Segundo o ranking publicado pela Fortune Magazine a Google não será a melhor empresa para trabalhar em 2009, ao contrário do que aconteceu em 2008 e em 2007.

Suspeita-se que para a perda de lugar tenham contribuído as medidas recentemente anunciadas pela empresa de corte de custos, da qual fazem por exemplo parte o fim de um programa anual de viagem ao norte da Califórnia onde os colaboradores fãs da neve podiam esquiar.

Na liderança da tabela passa a estar a NetApp, considerada uma referência nas boas práticas empresariais, como caracteriza a imprensa internacional. Entre as políticas de bom empregador da NetApp está o espaço dado aos colaboradores para poderem contribuir com as suas visões sobre o futuro da empresa, conceder tempo pago para trabalho de voluntariado, ou ajudar as famílias com filhos adoptados ou autistas.

A Google, que anualmente recebe 770 mil currículos, passa a ocupar o quarto lugar da tabela precedida por uma empresa de bolsa e uma consultora. Dos primeiros lugares da tabela fazem também parte a Cisco e a Adobe Systems que surgem no 6º e 11º lugares da tabela.

Nota de Redacção: A notícia foi corrigida, já que existia uma gralha na palavra autistas e no nome da revista que publica o ranking.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.