A Google anunciou que vai abrir a sua primeira loja física nos Estados Unidos. Anteriormente, a gigante de Mountain View já tinha experimentado a abertura de espaços “pop-up” no país e agora pretende mesmo dedicar-se a um estabelecimento comercial permanente, num formato com algumas semelhanças às lojas da Apple.

No seu blog oficial, a empresa, que afirma que a decisão é um passo importante na sua história, explica que a cidade escolhida para ser a “casa” da nova Google Store foi Nova Iorque. A loja vai fazer parte do campus urbano da Google no bairro de Chelsea, local onde se encontra também a sua sede nova-iorquina.

De acordo com a empresa, os consumidores poderão navegar por uma vasta seleção dos seus produtos na Google Store: de smartphones Pixel a pulseiras fitness Fitbit, passando por colunas inteligentes Nest e computadores Pixelbook. “Ao longo da loja, os visitantes poderão experienciar a forma como os nossos produtos e serviços funcionam em conjunto”, afirma a Google.

O espaço contará com a presença de especialistas da Google, que ajudarão os consumidores, por exemplo, a resolver problemas com os seus equipamentos ou a decidir qual é o produto ou serviço mais adequado às suas necessidades. A Google dá a conhecer que a loja será palco para workshops especializados que serão disponibilizados ao longo do ano.

Se tudo correr como planeado, a primeira Google Store abrirá durante o Verão deste ano. Para manter a segurança dos funcionários e visitantes neste contexto de pandemia de COVID-19, o cumprimento de regras como a utilização de máscaras, a desinfeção das mãos ou o distanciamento social serão obrigatórias.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.