O European Committee for Interoperable Systems, uma organização que junta empresas ligadas à indústria de software e tecnologia liderada pela Nokia, a Oracle e a IBM, apresentou um pedido para intervir do lado da Comissão Europeia em tribunal, no apelo interposto pela Microsoft contra as sanções antitrust que lhe foram impostas em Março passado pelo órgão executivo da UE.



"A implicação da ECIS e dos seus membros reflecte uma contínua e crescente preocupação dentro da industria da tecnologia sobre uma ampla variedade de comportamentos anti-competitivos por parte da Microsoft", afirmou o advogado da ECIS, Thomas Vinje, citado pelo jornal Financial Times.



O pedido de intervenção do comité poderá contudo vir a ser recusado, uma vez que se produziu depois da data limite fixada pelo tribunal, que condicionava a inscrição até ao final do ano passado.



De qualquer modo, o ECIS - do qual também fazem parte empresas como a Red Hat e a RealNetworks - mostrou-se igualmente disponível para oferecer aos reguladores europeus acessoria técnica e legal.



Cinco aliados da Microsoft e quatro da Comissão Europeia tinham obtido até à data o direito de intervir perante o tribunal da União Europeia no Luxemburgo.



Notícias Relacionadas:

2005-04-05- Microsoft revê termos de licenciamento de protocolos Windows em resposta à Comissão

2005-03-29 - Comissão e Microsoft chegam a acordo sobre denominação de Windows XP sem Media Player

2004-11-09 - Microsoft resolve processos legais com Novell e CCIA

2004-04-02 - Microsoft paga 1,6 mil milhões de dólares em acordo com Sun

2004-03-24 - Comissão Europeia multa Microsoft em 497 milhões de euros

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.