A HP Enterprise emerge da antiga HP para reunir as áreas de infraestruturas, software e serviços para o mercado empresarial, as mais valiosas no negócio da companhia. Meg Whitman é a CEO desta nova área.

Na HP Inc ficam as áreas de computação pessoal e impressão. Dion Weisler, que até agora já dirigia as unidades de negócio relativas aos negócios de PCs e impressão na fabricante norte-americana assume a liderança executiva da companhia, a que Meg Whitman também ficará ligada, como chairman.

As duas companhias passam a operar de forma distinta, conforme tinha sido anunciado em outubro do ano passado. A mudança é uma das maiores nos 76 anos de vida da HP, que ao longo das últimas décadas se foi transformando para responder às necessidades de um mercado que também sofreu várias alterações.

Nesta última década muitas foram as medidas que tentaram adequar a estrutura do gigante norte-americano ao crescimento dos serviços em detrimento dos equipamentos, ao peso crescente da mobilidade e da cloud.

Pelo caminho ficaram negócios de muitos milhões que demoraram a criar valor, sendo que alguns nunca conseguiram. A compra da Compaq, ou mais recentemente as aquisições da EDS e da Autonomy são alguns exemplos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.