No trimestre findo a 31 de Janeiro, as receitas da Hewlett-Packard diminuíram em 8 por cento comparativamente a igual período de 2000/2001, saldando-se em 11,4 mil milhões de dólares (12,9 mil milhões de euros ou 2,5 mil milhões de contos), segundo dados revelados ontem pela empresa.



Nos resultados líquidos obtidos durante os três últimos meses, a descida foi de 31 por cento, traduzindo-se os mesmos em 564 milhões de dólares (639,5 milhões de euros ou 128,2 milhões de contos), ou 0,29 dólares por acção (0,33 euros ou 66 escudos), comparativamente aos 812 milhões de dólares (920 milhões de euros ou 184,6 milhões de contos) registados em igual período há um ano atrás.



Na divulgação dos seus resultados financeiros, a HP indicou ainda, segundo a Associated Press, que as receitas relativas à unidade de sistemas imaging e empresariais diminuiu 2 por cento quando comparada anualmente, mas aumentou dois por cento se quisermos estabelecer uma relação trimestral. As receitas da informática para empresas diminuiu 21 por cento no primeiro trimestre, comparativamente ao valor registado há um ano atrás e 4 por cento sequencialmente, ou seja, face ao trimestre anterior. Os sistemas informáticos embebidos e pessoais diminuiu 13 por cento face a 2001, mas aumentou 22 por cento sequencialmente.



Ainda ontem, a HP Portugal anunciou internacionalmente o alargamento do seu programa para parceiros de software aos chamados ISVs (Independent Software Vendors) e integradores de sistemas, ou SIs.



O programa disponibiliza quatro níveis de participação, dependendo da competência nas áreas de vendas, consultoria e implementação como parceiro, nomeadamente autorizado, premier prata, premier ouro e premier platina.



Com esta alteração, a HP pretende criar conjunto amplo de serviços e suporte para auxiliar os profissionais daquela área interessados em desenvolver ou integrar aplicações em plataformas HP. O programa inclui ambientes Windows NT e Linux e agora soluções de software da HP e também a plataforma HP-UX (Unix).



"Esta integração no programa para parceiros de software é a consequência do desejo da HP em trabalhar muito mais abertamente com os programadores, fornecedores independentes de software e integradores de sistemas para criar o mais alto nível possível de inovação e cooperação", afirma Mário Pereira, responsável do canal HP Software, na HP Portugal, em comunicado enviado à imprensa.



Os serviços disponíveis para os ISVs e SIs encontram-se num novo portal, igualmente apresentado hoje e destinado a programadores e parceiros de soluções HP e alojado no endereço www.hp.com/go/partners. Acedendo ao site, estes profissionais vão poder ter acesso a pacotes de software e hardware HP com descontos exclusivos ou em regime de aluguer, a programas de marketing e vendas a serviços de informação, nomeadamente a folhetos personalizados que abordam diversos temas e estão disponíveis mediante subscrição por correio electrónico ou em formato impresso, entre outras coisas.



Notícias Relacionadas:

2002-02-06 - Processo de fusão entre HP e Compaq pode estar concluído em Março

2001-09-04 - Hewlett-Packard e Compaq anunciam fusão

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.