Segundo a Semiconductor Industry Association (SIA), o volume de vendas de semicondutores a nível mundial irá crescer mais de 180 mil milhões de dólares durante o ano de 2004, facto que se traduz num aumento de 16,8 por cento do mesmo em relação às previsões para 2003.



Para o presidente da SIA, George Scalise, em declarações ao site oficial da SIA, estes números revelam "uma recuperação que é baseada nos computadores, aplicações de consumidores e comunicações que continuam a ser as alavancas da indústria". Continuando, considera que "esta previsão contempla um regresso a
níveis altos de investimentos em Tecnologias de Informação e o emergir de produtos multi-funções como os smartphones".



Para a mesma associação o aumento de volume de vendas de chips será mais notório na Europa, Japão e Sudeste Asiático, uma vez que o mercado norte-americano parece ainda algo estagnado. Por isso mesmo a SIA prevê que as vendas deste produto caiam 30,6 milhões de dólares nos EUA, para depois recuperar e crescer 35,4 milhões de dólares (ou 15,7 por cento) durante o ano de 2004.



A concluir, Scalise considera que "é previsível que continue a verificar-se uma migração da América para a região Ásia-Pacífico, reflectindo o outsourcing da fabricação de equipamento electrónico, incluindo o sourcing de componentes e o seu design".



Notícias Relacionadas:

2003-01-02 - Vendas de chips aumentam na Europa mas diminuem nos EUA e no Japão

2002-12-01 - Procura global de semicondutores cresce mais uma vez em Outubro
2002-03-05 - Vendas mundiais de processadores registam queda ligeira em Janeiro

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.