A Advanced Micro Devices anunciou hoje que a Intel está a ameaçar encerrar um acordo para a utilização cruzada de patentes selado pelas duas empresas em 2001. Em causa está o recente spin-off das suas operações de fabrico de chips para uma outra empresa, a GlobalFoundries.

A parceria em causa determinava apenas que a AMD pagasse à Intel durante dez anos uma quantia não revelada, em troca teria direito à utilização dos sets da arquitectura x86 em chips para sistemas baseados em Windows.

Segundo a Intel, o spin-off constitui uma falha no acordo uma vez que não estava previsto nos termos do mesmo a junção de uma divisão da AMD com outra empresa, neste caso com a ATIC, logo a GlobalFoundries "não está licenciada sob o acordo de patentes cruzadas", diz a Intel.

A AMD recusa as acusações mas não cede aos pedidos da Intel, que solicitou à sua rival que divulgasse os termos do acordo com a ATIC, de forma a apurar se o segundo acordo viola aquele que ficou selado em 2001. A falta de colaboração da AMD levou a Intel a interpor uma notificação judicial onde ameaça o final da parceria.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.