A Intel anunciou que irá adquirir mais de 1,3 mil milhões de quilowatt/hora anuais em certificados para energias renováveis (REC), o que, segundo a Agência para a Protecção do Ambiente dos EUA, faz da fabricante a maior "compradora de energia verde" nos Estados Unidos.



Até aqui a primeira posição era ocupada pela PepsiCo que passou a figurar no segundo posto, seguida da Força Aérea Americana e da Wells Fargo & Company. Outra tecnológica a aparecer no ranking da EPA é a Cisco Systems, que ficou colocada na oitava posição da tabela.



No entender da Intel, este tipo de aquisições serão de especial valor para o mercado, não só pelos benefícios que trazem para o ambiente como pela redução de custos que permitem às empresas.



A compra da Intel inclui um portfólio de fontes de energia solar, eólica e hidroeléctrica. Todos os RECs são fornecidos pela Sterling Planet, especialista em energias renováveis.



Os RECs são certificados negociáveis cujo objectivo é o de comprovar que uma determinada quantidade de electricidade foi produzida a partir de fontes de energia renováveis. No final do ano, as empresas eléctricas terão de deter uma quantidade suficiente de certificados para provar que uma quota da sua produção, imposta pelo programa de RPS, é proveniente de fontes de energia renováveis.



Notícias Relacionadas:

2008-01-17 - Google.org investe 25 milhões de dólares em iniciativas humanitárias

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.