A LG Electronics apresentou os resultados financeiros referentes ao seu primeiro trimestre e anunciou perdas na ordem dos 110 milhões de euros, um valor que contrasta com os 242 milhões de euros obtidos há um ano.

Mesmo com as vendas da fabricante asiática a aumentarem 15 por cento, até aos 7,4 mil milhões de euros, ao longo do período em análise, os números negativos superaram os valores previstos pelos analistas, que estimavam perdas na ordem dos 82 milhões de euros.

No segmento móvel e no que se refere às exportações de telemóveis, a empresa registou uma quebra de 7 por cento, fixando o volume nas 22,6 milhões de unidades. Tal resultado teve um impacto negativo do peso desta divisão nos lucros totais da empresa - dos 13,9 para 6,7 por cento.

Dados os resultados agora apresentados, a empresa coreana junta-se à Nokia e à Sony Ericsson no grupo das fabricantes de equipamentos móveis que não conseguiram fazer frente à recessão nos últimos três meses.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.