O projeto Libra voltou a encontrar mais adversidades no caminho à sua concretização. A Mastercard, a Visa, o eBay, a Mercado Pago e a Stripe decidiram abandonar a Libra Association, avançam o Financial Times e a Bloomberg. Além disso, a Current, uma empresa de mobile banking, processou a Calibra, por alegadamente, copiar o seu logótipo.

A notícia do abandonar do projeto por parte de cinco dos seus “membros-fundadores” chega uma semana depois de o PayPal ter anunciado o fim da sua parceria com a Libra Association. As desistências surgem também depois de mais uma ronda de escrutínio por parte da Comissão Europeia ao projeto da Libra relativamente à sua viabilidade no território europeu. A UE quer também saber de que forma é que o Facebook pretende evitar que a criptomoeda seja utilizada em atividades criminosas, à semelhança de lavagem de dinheiro e fuga fiscal, ou até mesmo em estratégias terroristas.

A primeira empresa a desistir foi a Visa, a 11 de outubro, num comunicado na sua página. Embora declare que, para já, não pretende participar no projeto esta vai continuar a “avaliar a sua decisão final” tendo em conta a capacidade de a criptomoeda conseguir preencher “todos os requisitos a nível de regulação”.

Seguiram-se o eBay e a Stripe após a deliberação da empresa americana de serviços financeiros, os quais anunciaram a sua decisão em comunicados à imprensa internacional. O Financial Times teve acesso a duas fontes próximas da Mastercard e da Mercado Pago que confirmaram que as empresas tinham saído do projeto.

A ação legal tomada pela Current contra a Calibra chegou um dia depois da saída dos “membros-fundadores”. O processo levado a cabo pela empresa de mobile banking afirma que o logótipo da carteira virtual da Libra é “não só desconcertantemente parecido, mas praticamente idêntico” ao seu. O caso chegou aos tribunais em outubro, no entanto, a queixa da Current surgiu em junho deste ano, tal como noticiou a CNBC.

De acordo com a imprensa internacional, o Facebook ainda não se manifestou quer acerca da saída de cinco dos “membros-fundadores” do projeto Libra, quer sobre a ação legal tomada pela Current. No dia em que a Libra Association se reúne para discutir o futuro da criptomoeda, os mais recentes “percalços” serão decerto tópico para discussão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.