A Intel fechou o segundo trimestre deste ano com um crescimento de 25 por cento nos lucros e recordes a nível de vendas. De acordo com a empresa, foram obtidas receitas na ordem dos 9,5 mil milhões de dólares, enquanto os resultados líquidos se fixaram nos 1,6 mil milhões de dólares.



Paul Otellini, presidente da Intel, referiu em comunicado que à entrada na segunda metade do ano, a procura mundial de microprocessadores fabricados pela empresa "continua forte" em todos os segmentos, embora tenham sido os laptops a comandar a subida trimestral da fabricante.



Para o próximo trimestre, a Intel espera aumentar os resultados fixando as receitas entre os 10 e os 10,6 mil milhões de euros, finalizou o responsável.



Notícias Relacionadas:

2008-07-15 - Plataforma Montevina da Intel chega ao mercado

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.