A Adobe, que tinha processado a fabricante rival Macromedia em Agosto de 2000 depois desta ter começado a implementar um interface de utilizador uniforme em toda a sua linha de produtos, saiu vencedora da batalha judicial. Para já ainda não é público se a Macromedia irá apelar da decisão do júri, tendo-se escusado a prestar quaisquer declarações sobre esta matéria.



Certo é que a Macromedia já tinha lançado um ataque prévio contra a sua concorrente em Setembro de 2000 e, novamente, em Outubro de 2001 alegando também violação de patente. O primeiro processo instaurado – que envolve as patentes de mistura de elementos e a visualização e edição de ondas sonoras – irá a tribunal já no próximo dia 6 de Maio.



De acordo com o jornal The Register, a matéria em questão é relativa a uma funcionalidade que, aparentemente, é apenas uma maneira de reduzir a desordem do GUI – Grafical User Interface – e que permite aos utilizadores configurar e saltar entre paletas carregando na tecla TAB.



Para o director executivo da Macromedia, Rob Burgess, os principais prejudicados por esta decisão são os clientes comuns às duas empresas, sendo que a situação financeira da firma não deverá ser muito afectada pela deliberação.



Notícias Relacionadas:

2002-04-29 - Macromedia quer estar presente nos novos serviços Web

2002-03-04 - Macromedia desenvolve nova versão de Flash para criação de sites

2001-12-19 - Adobe acusada de violar direitos de autor nos programas InDesign e InCopy

2001-11-26 - EUA processam hacker acusado de violar o software de eBook da Adobe

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.