Cinco milhões de britânicos aderiram ao teletrabalho rentabilizando o seu computador e a ligação à Internet. No total, cerca de 5,5 milhões de indivíduos trabalham a partir das suas casas e 70 por cento destes usam a Internet como principal ferramenta de trabalho.

A empresa de pesquisa Point Topic identificou 4,3 milhões de lares, ou 18 por cento de todos lares existentes no Reino Unido, onde alguém exerce a sua profissão.

De acordo com a pesquisa, a maioria destes trabalhadores são profissionais independentes maioritariamente do sexo masculino, com idades compreendidas entre os 25 e os 54 anos e vivem nos subúrbios de Londres ou noutro povoado próximo. A região sul tem a maior concentração de trabalhadores enquanto que Gales, o Noroeste e Yorkshire registam os números mais baixos.

Por norma, estes trabalhadores estão agrupados em três categorias: os freelancers, os teletrabalhadores e os que geram pequenos negócios a partir de casa.

O estudo também determinou que estes grupos tendem a possuir conhecimentos mais vastos do sector das Tecnologias da Informação e são mais preocupados com as questões de segurança, disseram os pesquisadores. "Isto reflecte a importância que estas pessoas dão à ligação com a Internet, aos seus dados e ao seu PC", disse Tim Johnson, director geral da Point Topic num comunicado.

Notícias Relacionadas:

2005-07-28 - Cerca de 87 por cento dos jovens americanos usam a Internet

2005-05-24 - Jovens britânicos lideram uso de Internet em casa

2001-10-31 - Número de teletrabalhadores aumenta na Europa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.