No ano passado, o mercado europeu de electrónica de consumo sofreu um decréscimo de 4 por cento face a 2007, publica hoje a GfK. O impacto sentiu-se principalmente nas vendas dos televisores, tanto a nível unitário - menos 60,3 por cento - como a de valor, variável onde se observou uma quebra de 67,6 por cento.

Contudo, a maior descida de preços verificou-se no segmento dedicado aos plasmas, onde o custo dos equipamentos ficou 23,5 por cento mais barato. Já os equipamentos HiFi contrariaram a tendência e viram os seus preços aumentarem em 3,9 por cento. Outro segmento que registou um comportamento inverso foi o dos LCDs, que observou um crescimento em unidades vendidas de 28,2 por cento e em valor de 8,4 por cento, o que se justifica com a descida dos preços deste tipo de dispositivos (15,5 por cento).

O relatório anual aponta ainda que no sector do som na Europa os equipamentos de cinema em casa são dos únicos produtos com tendências mais positivas. Isto porque observaram uma subida nas vendas de 8,9 por cento, um crescimento acompanhado por uma descida de preço de 9,7 por cento.

Outra conclusão retirada da análise da GfK aponta que, no ano passado, os europeus colocaram os leitores de MP3 de lado e passaram a procurar mais equipamentos MP4. De acordo com os números publicados hoje, os dispositivos de MP3 registaram uma descida de 67 por cento em valor, enquanto que os leitores de MP4 observaram um aumento na ordem dos 30 por cento.

Segundo a GfK, em Portugal, o destaque foi igualmente para os LCDs durante o ano que passou. A quota de mercado aumentou para os 61 por cento contrariando a tendência dos equipamentos tradicionais, que sofreu uma queda dos de 50 para os 36 por cento, o que corresponde â venda de 300 mil equipamentos.

O volume total de vendas no mercado de electrónica de consumo foi de 193 milhões de euros, o que corresponde a um decréscimo de 10,8 por cento. A nível de facturação, o resultado acumulado é de 658 milhões de euros, uma queda de 6,9 por cento em relação ao total do ano anterior.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.