Os números da consultora NPD mostram que no mês passado as vendas de jogos, consolas e acessórios nos Estados Unidos, atingiram os 521 milhões de dólares, contra 516,3 milhões no mesmo mês do ano passado. É um crescimento que não vai além de 1%, mas que é suficiente para inverter a tendência de perda de receitas que vinha marcando a performance do mercado.



O crescimento de 21% nas vendas de software (jogos físicos) permitiu o saldo positivo, que culminou em vendas de 293,4 milhões de dólares, contra os 237,9 milhões de dólares registados em igual período de 2012. Títulos como Madden NFL ou Saints Row IV estarão entre os mais vendidos do mês.



No domínio do hardware as vendas de consolas caíram no mesmo período 40%. De 150 milhões de dólares em agosto de 2012, o negócio passou a valer 90,8 milhões em agosto deste ano, um decréscimo a que não é alheio o calendário de novos lançamentos das principais marcas, que no último trimestre do ano irão renovar a PlayStation, a Nintendo DS e a Xbox, com novos modelos.



Recorde-se que a NPD também estuda o mercado digital de jogos. Para o segundo trimestre do ano, a empresa concluiu que as vendas de jogos digitais também cresceram a um ritmo e num volume que continua a ser superior ao registado com os jogos físicos.



Nos três meses em análise as vendas de jogos digitais renderam 1,77 mil milhões de dólares, enquanto as vendas de jogos físicos não foram além dos 769 milhões, como o TeK já tinha detalhado.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.