A informação vinha sendo avançada nos últimos dias pela imprensa francesa e já foi confirmada pela Altice, que nomeou o gestor francês para o cargo de Chief Operating Officer da Altice NV, função que vai acumular com a de chairman da Numericable-SFR. 

Em comunicado, Patrick Drahi, chairman da Altice, sublinha a satisfação com a nova contratação e explica que o responsável vai ajudar a companhia a estruturar as operações do grupo, que nos últimos anos tem apostado forte em aquisições

Michel Combes dirigia os destinos da Alcatel-Lucent desde 2013, já estava de saída da empresa, neste momento em fase de integração na finlandesa Nokia. Antes de ingressar na Alcatel-Lucent tinha estado na Vodafone e acumula mais de duas décadas de experiência no mercado das telecomunicações.   

A saída de Michel Combes da Alcatel-Lucent tem sido polémica em França e até já mereceu o comentário negativo do ministro das finanças francês, já que o gestor vai receber mais de 13 milhões de euros em compensações até 2018, pelas contas do semanário Weekly Le Journal du Dimanche. O responável sublinhou numa entrevista que os prémios pagos aos gestores deviam observar as regras de bom senso, numa altura tão díficil para muitos franceses. 

Combes já se defendeu e explicou que o prémio a receber é tão elevado porque aceitou que uma parte muito significativa do seu salário fosse variável, assumindo o risco inerente ao sucesso ou insucesso das suas medidas de gestão. Também garante que só em 2018 saberá ao certo quanto tem a receber.  

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.