A Microsoft pode ser uma das empresas interessadas em participar na saída da Dell da bolsa de valores. Este seria mais um investimento numa grande tecnológica por parte da empresa de Redmond depois de ter investido na Nokia por exemplo.

Uma fonte relacionada com o processo contou ao The Wall Street Journal que a empresa responsável pelo Windows está em conversações com o diretor executivo da Dell e com a empresa de investimento Silver Lake Partners para financiar parte da operação financeira que a fabricante de computadores quer executar.

A empresa de Redmond pode avançar com valores entre mil milhões e três mil milhões de dólares, num negócio que está estimado em 22 mil milhões de dólares. Este investimento garantiria à Microsoft uma parte substancial da "recompra" da Dell.

Numa perspetiva de financiamento, o apoio da Microsoft e o investimento feito acabariam por valorizar e tornar mais sólida a operação de saída da Dell da bolsa de valores aos olhos de outros possíveis investidores.

Segundo a mesma fonte a Microsoft não ia interferir nas decisões quotidianas da Dell, mas em contrapartida quer que a fabricante continue a equipar a maior parte dos computadores com o sistema operativo Windows. Ao mesmo tempo a gigante norte-americana de software continuaria a reforçar a sua presença em grandes tecnológicas mundiais sem correr os mesmos riscos do que se partisse para a compra de uma empresa por conta própria.

As duas empresas ainda não comentaram estas informações.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.