A Nokia vai abandonar o desenvolvimento da plataforma Symbian no prazo máximo de dois anos, mas durante este período continuará a apostar na melhoria do sistema, que conhecerá três grandes actualizações, ao nível do interface, durante este ano.

A par das melhorias do sistema, também serão lançados novos produtos, que fazem com que a empresa ainda ambicione vender 150 milhões de dispositivos Symbian, até que a plataforma seja descontinuada, que se juntam aos 200 milhões entretanto já comercializados, segundo a Nokia.

Os novos terminais Symbian irão coexistir com os smartphones Windows que entretanto forem lançados, em resultado da parceria estabelecida com a Microsoft. Os primeiros Nokia Windows Phone estão previstos para 2012.

"O Symbian ainda não morreu e até lá vamos continuar a apostar no seu desenvolvimento, tanto ao nível do software como do hardware", referiu Miguel Duarte Pedro, program manager da Nokia, durante uma demo session do novo E7, que decorreu esta manhã em Lisboa.

A primeira actualização do Symbian 3 em termos de interface chega com a versão Anna, integrada de origem no recém-anunciado X7 e que poderá ser descarregada daqui a três semanas para os outros modelos de versão anterior da plataforma.

Página de início com aspecto mais "fluido e fresco" (com introdução de uma espécie de background e a possibilidade de arrastar widgets e shortcuts), a disponibilização de um teclado QWERTY virtual em alternativa ao habitual alfa-numérico para escrita de mensagens, posts e emails, browsing de resposta três vezes mais célere e uma nova versão do Ovi Maps com funcionalidade de check in são algumas das melhorias incluídas na nova versão.

E7 nos operadores em Maio

Encarado como o novo Communicator, o E7 vai começar a ser comercializado pelos operadores no início de Maio, embora já esteja em venda livre, nos revendedores da marca e online, há duas semanas.

"Tivemos oportunidade de trazer algumas unidades para Portugal e não a desperdiçámos", referiu Miguel Pedro, justificando a diferença entre o preço marcado online e aquele que efectivamente o terminal terá em venda livre: 599 euros.

Os responsáveis da Nokia garantem que quem comprou o E7 a 649,90 euros será reembolsado da diferença. "Na altura ainda não tínhamos a tabela com o preço final e tivemos de encontrar um valor para começar a comercializar o modelo em Portugal".

Ecrã táctil AMOLED de quatro polegadas e teclado QWERTY, câmara de oito megapixéis e vídeos HD, 16 GB de memória interna, ligação HDMI e USB são apenas alguns dos argumentos do novo E7, que contamos mostrar ao pormenor numa análise a publicar brevemente.

Patrícia Calé

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.