Em 2006 o número de assinantes DSL em todo o mundo cresceu 30 por cento fixando-se no final do ano passado nos 185 milhões de clientes, mostra uma análise publicada pelo DSL Fórum. Por sua vez, o total de assinantes de banda larga aumentou para 281 milhões de subscrições durante o mesmo ano.



De acordo com a mesma análise foram 67 milhões os novos assinantes de Internet de banda larga em 2006, com quase dois terços dos clientes a optarem pela tecnologia DSL.



A nível mundial, a quota de mercado destes acessos já se fixa nos 65,7 por cento, o que coloca o DSL no topo das preferências dos utilizadores. No que diz respeito à distribuição geográfica, 88 por cento dos subscritores de DSL situa-se na região do Médio Oriente e África, seguida pela União Europeia que já soma mais de 17,6 milhões de assinantes e fixa a quota de mercado nos 81 por cento.



Entre as restantes tecnologias fixas de banda larga, o fibre to the home ou outras, como o FTTx, são já responsáveis por 10 por cento dos serviços de banda larga em todo o mundo. Por sua vez, a transmissão por satélite registou, em 2006, um total de 784,75 mil subscritores.



Por regiões, os Estados Unidos são o maior mercado de banda larga com 57 milhões de subscritores. O segundo lugar do ranking pertence à China que, em 2006, somou mais 14,4 milhões de assinantes chegando agora aos 51,9 milhões de clientes.



Na Europa o destaque vai para a Holanda onde se registou um total de 2,96 milhões de assinantes de ADSL, demonstra o estudo.



A adesão a serviços de banda larga suportados por tecnologia ADSL deverá continuar a aumentar nos próximos anos. a estimativa é de George Dobrowski, presidente do DSL Fórum que acredita que "com o crescimento da popularidade da IPTV" será fundamental para o aumento do sucesso do ADSL.

Notícias Relacionadas:

2002-12-13 - Número global de subscritores da tecnologia DSL acima dos 30 milhões

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.