De acordo com um estudo publicado pelo site de análise empresarial em relação às ligações em banda larga, PointTopic, o número de utilizadores de Digital Subscriber Line – DSL –, ou seja, da tecnologia que possibilita uma elevada capacidade de transmissão de dados através da Internet e cujo o acesso é feito sobre a infraestrutura telefónica existente, triplicou em 2001.



Desta forma, no final do ano passado em todo o mundo os utilizadores de DSL ascenderam aos 19 milhões, uma evolução significativa se tivermos em consideração que em 2000 eram cerca de 6,5 milhões.



Relativamente aos Estados Unidos, o número de utilizadores das linhas DSL aumentou 78 por cento, de 2,5 milhões para 4,4 milhões em 2001, ou seja, 1,6 linhas por cada 100 pessoas. Mas, à frente continuam ainda os países da Ásia Pacifica com a Coreia do Sul a ter 11 linhas DSL por cada centena de habitantes. Quanto à Europa a Alemanha, a Finlândia, a Suécia e a Bélgica estão a demonstrar um rápido crescimento.



Todavia o preço da ligação continua a ser um entrave para sua utilização massiva, e a Europa é neste momento o local onde a DSL é mais dispendiosa com taxas a rondar entre os 56 euros e os 84 euros por mês. De salientar que na Ásia Pacifica o custo fica entre os 22 euros e os 56 euros.



Notícias Relacionadas:

2001-02-19 - Consumidores norte-americanos usam mais DSL mas preferem cabo

2001-07-03 - Quase um terço dos lares japoneses vão ter banda larga em 2005

2001-02-19 - Consumidores norte-americanos usam mais DSL mas preferem cabo

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.