Depois de 67 anos a produzir em Portugal, a Philips anuncia o encerramento da sua última fábrica em território nacional, avança a Lusa. A infra-estrutura de Ovar, dedicada à produção de controlos remotos, encerrará ao longo do ano, colocando no desemprego 70 colaboradores.

A fabricante já havia anunciado que tinha intenções de levar a produção para a China embora ainda não tivesse estipulado uma data para essa migração. Agora sabe-se que a mudança acontecerá algures durante este ano.

Enquanto isso, a Philips já iniciou os processos de acordo de rescisão com os funcionários e os valores da indemnização estão a ficar acima do estipulado por lei.

Esta estratégia insere-se nos planos já anunciados pela empresa, que quer consolidar a produção e fazer economia de escala, transferindo a produção para unidades noutros países.

A Philips chegou a Portugal há 82 anos com uma empresa comercial. Em 1942 iniciou a sua actividade industrial em solo português com o fabrico de lâmpadas na Fábrica Portuguesa de Artigos Eléctricos, em Cabo Ruivo.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.