As pequenas e médias empresas europeias têm vindo a fazer progressos significativos no que diz respeito à sua presença na Internet e à utilização das novas tecnologias. Esta é uma das conclusões do segundo estudo anual da empresa de pesquisa e consultoria estratégica Yankee Group, denominado "European Small and Medium Enterprise Survey".



Na opinião dos responsáveis por esta análise, trata-se um passo dado pelos empresários no sentido de identificar o mercado das PMEs como uma área com muitas potencialidades na Internet de serviços.



Neste momento, e de acordo com o estudo, 26 por cento das PMEs utilizam cabo, modem ou ligação em banda larga ADSL para acederem à Net e a sua principal preocupação relaciona-se com a forma de vender produtos e serviços utilizando este meio. Quanto à intenção de adicionar suporte ao cliente e gestão de fornecimento online, cerca de 37 por cento pretende fazê-lo ainda em 2002.



Para além de se verificar uma evolução no entendimento acerca da Internet, a vontade de investir nela está igualmente a aumentar. Segundo o Yankee Group a maioria da PMEs estão a reservar 10 por cento do seu orçamento total para gastar em TICs para o acesso à Internet.



As previsões apontam para que em menos de cinco anos a Net se transforme numa ferramenta de negócio comum, salientando que cerca de um terço das PMEs espera aumentar a velocidade das suas ligações ainda durante este ano.



Notícias Relacionadas:

2002-02-13 - CE analisa progresso do eEurope Action Plan 2002 e estabelece novos objectivos

2002-02-07 - Intervenção das PMEs na nova economia promovida pela Comissão Europeia

2001-12-09 - CE quer maximizar benefícios da e-Economia nas empresas europeias

2001-10-15 - Europeus receptivos à mudança para acesso à Internet em banda larga

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.