A Samsung Electronics anunciou esta terça-feira que espera que os lucros relativos ao primeiro trimestre venham a ficar abaixo das expectativas. A quebra deve-se, sobretudo, à descida do preço dos chips e dos ecrãs LCD, refletindo a menor procura por smartphones que se tem vindo a verificar. A contribuir para esta descida estão as fracas vendas dos novos iPhones, já que a Samsung é a fornecedora dos painéis OLED do modelo.

A empresa sul-coreana já tinha alertado os seus acionistas na semana passada para a possibilidade de fatores como o abrandamento do crescimento económico mundial ou a redução da procura por chips de memória se virem a refletir nos resultados de 2019.

Contudo, a Samsung espera uma reanimação das vendas de chips de memória na segunda metade do ano. Estes indicadores foram reforçados pelo banco de investimento japonês Daiwa Securities que, segundo a Reuters, prevê um aumento da procura não só dos chips como dos ecrãs OLED durante o mesmo período.

A líder mundial do mercado de smartphones, televisões e chips de computador espera um lucro de 6,4 mil milhões de dólares para o período entre janeiro e março de 2019. No mesmo período do ano anterior tinha faturado cerca de 13,8 mil milhões, mais do dobro. Em relação ao valor total de vendas, prevê-se uma descida dos 53,5 mil milhões de dólares para 47,5 mil milhões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.