A Siemens está a preparar o despedimento de mais 17 mil funcionários, uma estratégia que deverá tomar forma nos próximos dias, assim que a empresa chegar a acordo com os representantes dos trabalhadores.



Segundo a Bloomberg, as dispensas fazem parte de um plano de contenção de custos que, de acordo com Peter Loescher, CEO da Siemens, tem como meta reduzir despesas em 1,2 mil milhões de euros nos próximos dois anos.



A mesma fonte indica que, no total, serão eliminados 6,34 mil postos de trabalho na unidade industrial, 3,95 mil na divisão de energia e 2,8 mil na de saúde. No futuro, outros 4,150 funcionários serão dispensados.



Para já, a Siemens não tem qualquer previsão do impacto que esta medida terá a nível de custos, frisa Peter Loescher.




Notícias Relacionadas:

2008-05-07 - Fujitsu Siemens Computers Portugal factura 70 milhões de euros em 2007

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.