A Sony está a negociar a reaquisição de uma linha de produção de processadores da Toshiba, unidade que havia vendido há dois anos atrás à mesma fabricante. A transacção está avaliada em 50 mil milhões de ienes (cerca de 460 milhões de euros).



A fábrica que a Sony tenta agora readquirir, na cidade japonesa de Nagasaki, tinha sido vendida em 2008 por 90 mil milhões de ienes (perto de 829 milhões de euros), como parte da sua estratégia de venda de activos.



Com o negócio , a fabricante pretende impulsionar a sua capacidade de produção de sensores de imagem, utilizados em câmaras digitais e telemóveis, avança a Reuters.



Hiroshi Yoshioka, vice-presidente executivo da Sony, já teria referido esta semana que a empresa estava a tentar encontrar uma forma de dar resposta à falta de capacidade de produção de sensores CMOS.



A imprensa local refere que a aquisição duplicaria a capacidade de produção da Sony, na ordem dos 40 mil sensores por mês.



O mercado mundial de sensores CMOS deverá valer em 2010 4,2 mil milhões de dólares, estimando-se que o valor duplique até 2014.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.