No segundo trimestre deste ano o Twitter somava 304 milhões de utilizadores, numa subida de apenas 2 mihões face ao trimestre anterior que foi considerada "inaceitável" por Jack Dorsey, na altura CEO interino da empresa.

Nem os dados financeiros da empresa, que ultrapassou as expectativas em receitas, e as previsões para este ano não convenceram os analistas. As receitas aumentaram 61% para os 502,4 milhões de dólares e a publicidade cresceu 63% para os 452 milhões. Até final do ano a empresa espera atingir receitas de 2,2 mil milhões.

A confissão de que o Twitter não espera ver um cerscimento significativo no número de utilizadores ativos até atingir um maior nível de massificação pode ter sido determinante para os resultados que se seguiram.

"Ainda não comunicámos claramente a proposta de valor único do Twitter. E como resultado os não utilizadores constinuam a perguntar 'Porque devemos usar o Twitter?', isto quer dizer que o produto continua dificil de utilizar", explicou Anthony Noto, o novo CEO do Twitter, numa conferência com analistas, citado pela agência Reuters.

A empresa perdeu mais de 11% do valor das ações ontem depois do fecho da bolsa, 

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.