Entre Fevereiro e Março de 2004 o mercado doméstico ganhou 1,9 milhões de novos utilizadores de Internet activos, revela um estudo da Nielsen/NetRatings realizado junto de um grupo de 13 países seleccionados pela empresa de estudos de mercado, onde não se inclui Portugal.

http://imgs.sapo.pt/gfx/242407.gif

No período em análise a Suiça apresentou o maior crescimento com perto de 4 por cento mais utilizadores que no mês anterior, para um total de 3,1 milhões de internautas activos. França acumulou a segunda maior subida no número de utilizadores, 2,34 por cento, para um total de 14,1 milhões, logo seguida pelos Estados Unidos que aumentaram o número de internautas em 2,13 por cento, atingindo os 144,4 milhões.

A maior queda foi registada em Hong Kong que perdeu entre Fevereiro e Março 5,64 por cento dos seus utilizadores activos, o que corresponde a cerca de 152 mil internautas, quando na análise do mês anterior acumulou a maior subida da tabela com mais 8,01 por cento.

A segunda maior queda foi da Austrália que no período perdeu quase 180 mil utilizadores activos, numa variação percentual de 2,14. No seu todo os 13 países acumulavam no final de Março 299,3 milhões de utilizadores activos. A variação entre os dois meses foi de menos de um por cento (0,67 por cento). O crescimento global dos mesmos países entre Janeiro e Fevereiro manteve-se também abaixo de um por cento (0,96 por cento).

Notícias Relacionadas:
2001-04-25 - Utilização doméstica de Internet quase duplica

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.