Ao longo dos próximos três anos a utilização de tags RFID para tecnologia Wi-Fi vai crescer exponencialmente, acumulando crescimentos anuais de 100 por cento até 2010.



De acordo com as previsões da In-Stat, o sucesso da referenciação de bens e produtos com base nesta tecnologia vai dever-se há necessidade das empresas rentabilizarem os seus investimentos anteriores na tecnologia sem fios de acesso à Internet.



A consultora explica que a par com este factor terá relevância o facto do Wi-Fi resolver uma questão que tem limitado o sucesso do mercado e que tem a ver com a longevidade das baterias usadas para fazer funcionar estes sistemas.



A questão tem sido contornada por fabricantes como a G2 MicorSystems - que desenvolveram equipamentos com autonomia de bateria superior a um ano -, mas ainda assim limitado as potencialidades do mercado, explica a In-Stat.



A mesma fonte acrescenta que em 2006 foram vendidos 135 mil tags RFID Wi-Fi.



Notícias Relacionadas:

2006-09-19 - Sybase abre Centro de Investigação RFID em Portugal

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.