Os números foram revelados ontem, depois do fecho do mercado norte-americano, e ficaram acima das expectativas dos analistas, refletindo o impulso das vendas da área de telemóveis, dos tablets e dos produtos de cloud. Os lucros registados atingiram os 4,5 mil milhões e as receitas aumentaram 25% para os 23,2 mil milhões.

Os recentes resultados menos positivos de empresas como a Oracle, IBM e SAP, onde as margens de lucro foram afetadas, foram tinham feito aumentar os receios, mas os dados ontem divulgados pela Microsoft acabaram por levar a uma subida das ações, refere a Reuters.

A unidade de telemóveis Lumia, que acaba de perder a ligação à marca Nokia, registou um crescimento de 25% no trimestre, alcançando receitas de 23,2 mil milhões de dólares. A Microsoft vendeu 9,3 milhões de telemóveis neste trimestre.

Também nos tablets Surface as contas são positivas, com os números de receitas a subirem para os 908 milhões de dólares, quase duplicando os valores obtidos no ano passado.

A Microsoft não revelou as receitas dos serviços baseados na cloud, mas adiantou que os serviços comerciais cresceram 128%, enquanto a plataforma Azure aumentou 121%. Satya Nadella destacou numa conference cal com analistas que a Microsoft é a única empresa da sua escala com uma receita de cloud que está a crescer a 3 dígitos.

Em Portugal a expectativa é que as receitas de cloud chegue a 50% do volume de negócios nos próximos dois anos, como revelou um executivo da empresa durante o Fórum da Economia Digital organizado pela ACEPI.

Apesar dos indicadores positivos o lucro depois de impostos caiu 13%, afetado pelo peso de 1,1 mil milhões de dólares dedicados aos despedimentos anunciados em julho, que vão levar a um corte de 18 mil empregos, cerca de 14% do total de trabalhadores da empresa.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.