A Vivendi anunciou ter chegado a acordo para comprar os 44 por cento da Vodafone na operadora francesa de telefonia móvel SFR que ainda não detinha. A venda foi concretizada por 7,95 mil milhões de euros.

O acordo surge após vários meses de negociação e dá à Vivendi - que já detinha 56 por cento -
o controlo da totalidade do capital da SFR. A Vodafone mantem-se como parceira comercial.

Em reacção ao negócio, o presidente executivo do grupo francês, afirmou estar "muito satisfeito" com o facto de a Vivendi ter "atingido o objectivo de deter 100 por cento da SFR", o que vai permitir "um aumento significativo dos lucros" e "dos dividendos atribuídos aos accionistas".

Para a Vodafone, a venda da posição que detinha na SFR faz parte de uma estratégia de alienação de interesses minoritários. O acordo será concluído em Junho de 2011, necessitando ainda da aprovação das entidades autoridades reguladoras.

O negócio com a Vivendi surge poucos dias após a Vodafone, por sua vez, ter adquirido a participação de 33 por cento do Essar Group na sua joint venture para o mercado indiano Vodafone Essar, por 5.000 mil milhões de dólares.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.