A Xerox apresentou na
passada sexta-feira na sua sede nacional em Lisboa o evento "Start to
Finish", uma iniciativa destinada a informar empresas e comunicação social
acerca da estratégia de mercado que orientou a firma na criação da sua nova
linha de produtos a lançar durante o próximo trimestre.

Pela voz do seu director comercial de office, José Pereira Esfola, a Xerox
deu a conhecer as três linhas de força que sustentaram a idealização da sua
nova gama de produtos, a saber: aumento da produtividade, redução de custos
e acréscimo da qualidade da comunicação e dos processos através da cor.

Quanto à primeira ideia chave, trata-se de uma resposta à preocupação comum
a todas as empresas e que passa pela obtenção do máximo rendimento das
pessoas, processos, fornecedores e tecnologias envolvidas no seu negócio.
Com base nisto, a Xerox pensou em soluções simples e eficazes que
possibilitem aos trabalhadores a redução de processos redundantes e
cansativos e que permitam a sua concentração total no trabalho. Para atingir
este desígnio a marca apostou em produtos multifunções e multitarefas de
forma a rentabilizar todo o processo laboral.

O segundo ponto forte de orientação da Xerox foi a necessidade de redução
dos custos das empresas - uma preocupação tão vital como a primeira em
empresas que se querem cada vez mais competitivas. Neste particular,
torna-se fundamental em primeiro lugar compreender e determinar quais as
áreas que acarretam maiores custos. Para o efeito, a Xerox disponibiliza
serviços de consultoria sobre documentos de escritório de forma a apurar as
maiores fontes de desperdício.

De entre as conclusões retiradas pela firma na análise de diversas empresas,
o ponto chave para a redução de custos é a avaliação total de um determinado
produto; como o seu grau de eficiência e de satisfação dos seus
utilizadores e não apenas o seu custo inicial. Nesse sentido a Xerox criou
uma unidade de nome Office Document Assessements, destinada a ajudar as
empresas a compreender os custos de saída de documentos do escritório e as
possibilidades de poupança, através da utilização de produtos específicos
ideais para determinadas tarefas.

Por fim, a Xerox destacou a importância da utilização da cor em documentos
de forma a melhorar a qualidade da informação empresarial - a grande
aposta da firma neste momento. Desvalorizando a questão do preço mais
elevado das cópias a cores em relação àquelas a preto e branco, a empresa
preferiu enfatizar as mais valias que a introdução da cor num documento
oficial pode representar. Assim, segundo dados da Xerox, está provado
cientificamente que a cor vende mais, diminui a frequência de erros de
leitura, aumenta o reconhecimento do negócio e, por último, motiva mais o
leitor do mesmo documento.

Notícias Relacionadas:

2003-03-27 - Xerox apresenta três novas impressoras a cores

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.