A ONI anunciou que foi ontem formalizada em despacho, pelo Ministério da Educação, a adjudicação do projecto que visa a instalação de sistemas de videovigilância nas escolas do 2º e 3º ciclos. A empresa venceu o concurso público que escolheu o parceiro tecnológico para pôr em marcha esta vertente do Plano Tecnológico para a Educação.

O projecto envolve uma verba de 15 milhões de euros e tem uma duração de 3 anos com quatro fases de implementação relativas às componentes funcionais e de equipamentos. Neste período, a ONI ficará responsável pelo "fornecimento, instalação, manutenção e suporte de um sistema electrónico de segurança em cerca de 1200 escolas, de Norte a Sul do país", detalha a empresa em comunicado.

"Os serviços a prestar envolvem a aquisição de serviços de segurança e monitorização remota, fornecimento, instalação e configuração de equipamentos, formação na sua utilização, monitorização e suporte da solução remota e local", acrescenta o mesmo documento.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.