A Anacom anunciou a renovação da licença de exploração das frequências GSM 900/1800 da Vodafone, já com base em novas regras que passam pela garantia de prestação de serviços de voz, dados, GPRS, encaminhamento de chamadas e voice mail. A renovação das licenças concede um novo período de exploração de 15 anos o que remete uma nova renovação para 19 de Outubro de 2021.



Em comunicado o regulador explica que as condições para a renovação da licença foram previamente comunicadas à Vodafone, de acordo com o previsto nos artigos 100º e 101º do Código do Procedimento Administrativo. A operadora tem agora um prazo de 20 dias para responder à deliberação do regulador, datada de 23 de Fevereiro.



Recorde-se que o término do período de exploração das frequências móveis para a Vodafone (este ano) e para a TMN (em Março do próximo ano) levaram o regulador a aproveitar a ocasião para rever as condições de exploração das frequências e introduzir novas exigências ao nível da cobertura, por exemplo.



As alterações foram levadas a consulta pública para recolher comentários do mercado deram origem e constam agora de um relatório final já aprovado, informa ainda o regulador.



O regulador ponderava a hipótese de aproveitar esta análise para rever as taxas cobradas aos operadores móveis, uma medida que para já não avança.



"Para já, mantém-se em vigor o tarifário radioeléctrico em vigor, muito embora o regulador admita a adopção de outro modelo de tarifação baseado na quantidade de espectro atribuído, a estabelecer nos termos da lei", explica um comunicado.



Notícias Relacionadas:

2005-07-19 - Anacom inicia consulta pública sobre condições de renovação das licenças GSM

2005-06-16 - Anacom vai avançar com renovação de licenças GSM

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.