A Apple está a trabalhar em conjunto com uma fabricante de cartões SIM para criar um cartão próprio que lhe permita vender os telefones directamente aos clientes, com "pouco ou nenhum" envolvimento das operadoras. Pelo menos na concretização da venda.

Alegadamente a solução é destinada ao mercado europeu e possível graças a um trabalho que está a ser desenvolvido numa parceria entre a fabricante do iPhone e a empresa que criou os cartões micro-SIM usados no iPad, a Gemalto.

A notícia, ainda sem confirmação oficial, é avançada por vários meios internacionais com base num artigo publicado ontem pela GigaOm, que afirma que a informação foi veiculada por "fontes dentro das operadoras europeias".

De acordo com o site, o objectivo da Apple é permitir a compra de dispositivos móveis, com SIM, através da Web ou nas lojas Apple com a activação a ser feita a partir da loja de aplicações da companhia.

Os rumores afirmam que a Apple e a Gemalto criaram um módulo com cartão SIM para ser integrado no iPhone. Os clientes poderão assim optar entre associar os serviços do telefone a uma operadora (na altura em que compram o dispositivo) ou fazer a sua activação através de um download na App Store. A novidade também permitirá trocar de operadora sem mudar de cartão.

A forma como o sistema funcionará ainda não é clara, nem para os responsáveis pelo artigo que começou o rumor, que dizem estar ainda a aguardar mais detalhes, afirmando que as empresas não forneceram quaisquer comentários ao assunto.

Mesmo a confirmarem-se as intenções da Apple, continuará sempre a ser necessário recorrer às redes das operadoras para garantir o serviço telefónico via rede móvel, o que terá estado na origem das visitas a Cupertino de vários executivos de operadoras franceses durante as últimas semanas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.