Apostada em disponibilizar ao mercado nacional novas ferramentas, a Broadnet Portugal anunciou uma gama de serviços Internet em banda larga para grandes, médias e pequenas empresas, bem como para profissionais liberais.

"Estes serviços incluem soluções adaptáveis aos mais diversos modelos de negócio", referiu Afonso Cascão, director executivo da Broadnet Portugal, em conferência de imprensa. O mesmo responsável sublinhou que, além dos serviços destinados ao mercado empresarial - no âmbito dos quais se destacam os serviços de acesso em banda larga por FWA ou cabo, Web Hosting, Web Housing, VPN e Hosting especial nas redes internacionais da Cable & Wireless -, "a Broadnet Portugal pretende igualmente começar a prestar serviços de Internet sobre RDIS, mas este serviço vai ter uma cobertura progressiva".



Com um capital de 13,3 milhões de euros, a Broadnet Portugal dedica-se essencialmente ao fornecimento de soluções de banda larga, tendo como principais concorrentes neste segmento de mercado a ONI, a Portugal Telecom (PT) e a Novis, explicou hoje

Ainda de acordo com o explicado, os serviços agora lançados pela Broadnet são fruto de dois anos de trabalho aprofundado entre o operador europeu Broadnet, especialista em Internet de alta velocidade, e o Grupo português para a área das telecomunicações Eastécnica, presentemente integrado na Web-Lab.

Liderada por Afonso Cascão, ex-presidente do Grupo Eastécnica, a Broadnet Portugal beneficia das tecnologias do Grupo Broadnet, da dimensão da rede internacional da Cable & Wireless, da capacidade financeira do Grupo ComCast e do conhecimento das necessidades específicas do mercado empresarial nacional onde a Eastécnica opera desde 1996.

A Broadnet Portugal tem como accionistas a Broadnet Holdings, com 75 por cento do capital, o Grupo Eastécnica (actualmente integrado no Grupo Web-Lab) com dois por cento e a Fundação Oriente com três por cento. Por sua vez, a Broadnet Holdings é maioritariamente detida pelo grupo norte-americano ComCast (70%).

Neste momento, a Broadnet conta já com cerca de 150 clientes, na sua maioria pequenas e médias empresas (PMEs). "Ocupamos uma quota de mercado de cerca de um por cento, por isso ainda temos muito espaço para crescer", salienta Afonso Cascão.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.