A Portugal Telecom vai investir 50 milhões de dólares (cerca de 40 milhões de euros) na construção de um cabo submarino de fibra óptica que ligará a Europa ao continente africano.

Segundo o avançado pelo Diário Económico, o grupo liderado por Zeinal Bava participa num consórcio internacional que reúne outros operadores, como a Angola Telecom, a Broadbrand Infraco, a Cable&Wireless e a Vodacom.

No total o projecto West Africa Cable System reunirá um investimento de 600 milhões de dólares (453 milhões de euros).

A participação da PT no consórcio é feita em parceria com a CV Telecom, operadora de telecomunicações de Cabo Verde detida em 40 por cento pela empresa portuguesa.

O cabo a construir terá 14 mil quilómetros de comprimento e uma capacidade de 384 terabits por segundo, estando previstos pontos de amarração na África do Sul, na Namíbia, em Angola, no Congo, na Nigéria, no Togo, no Gana, na Costa do Marfim, em Cabo Verde, nas Ilhas Canárias, em Portugal e no Reino Unido, referiu fonte da PT ao Diário Económico.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.