A Blue Origin vai levar os primeiros turistas espaciais ao espaço em 2018, se tudo correr bem com os testes que têm de ser realizados entretanto para garantir a segurança da viagem e dos passageiros.

Os testes já começaram e no ano passado a empresa foi bem-sucedida naquele que se tem revelado um dos grandes desafios para as empresas que estão a trabalhar nesta área. Conseguiu aterrar e relançar para o espaço o mesmo foguetão.

A concorrente Space-X só foi bem-sucedida uma vez na aterragem do seu Falcon 9, que também foi desenhado para ser reutilizável. Vale no entanto a pena sublinhar que os testes realizados pelas duas empresas têm algumas diferenças, nomeadamente na duração e na distância, como pode ver
mais em detalhe aqui.

O Guardian já tinha adiantado que os voos de teste da Blue Origin avançavam no início de 2017. Ficou agora também a saber-se que a empresa vai realizar testes de laboratório a um novo motor (BE-4) para o seu veículo espacial.  

Em cada viagem espacial da Blue Origin podem participar um máximo de seis turistas, adiantou ainda Jeff Bezos numa visita guiada às instalações da empresa, em Washington, que é a primeira do género desde que o projeto foi criado, no ano 2000.

As inscrições nas viagens espaciais da Blue Origin ainda não começaram, mas Bezos garante que já recebeu centenas de manifestações de interesse. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.