Os 850 mil clientes prejudicados pelo
encerramento dos serviço da ExciteAtHome – e que foram
redireccionados pela AT&T Broadband para a sua
própria rede – correm agora o risco de o serem
novamente com a fusão entre a Comcast e AT&T Broadband. Já esta semana
ficou acordado que o negócio entre as duas
empresas terá o valor de 72 mil milhões de
dólares (16,3 mil milhões de contos ou 81,7 mil
milhões de euros).



Os utilizadores dos serviços Web da Excite
ficaram na altura do anúncio da falência da
Excite sem correio electrónico e acesso à Net, e
agora teme-se que a história se volte a repetir
com os clientes da Comcast que serão transferidos
no final de Fevereiro. Alguns subscritores
demonstraram já a sua insatisfação com a situação
e com os preços praticados pela Comcast em
relação ao ISP. Esta situação revela-se, porém,
favorável aos concorrentes fornecedores de DSL
que estão a aliciar os clientes mais descontentes
a aderir aos seus serviços.



De momento, as empresas envolvidas na fusão
continuarão a funcionar normalmente, de acordo
com as declarações do porta voz da AT&T
Broadband, Andrew Johnson, à C|net. Segundo este
responsável, tanto a Comcast como a AT&T Broadband
desenvolverão os seus negócios em separado até a
fusão estar terminada – o que deverá acontecer no
último semestre de 2002.



A transição de clientes da ExciteAtHome está
principalmente a preocupar alguns subscritores
que tinham, por exemplo, acesso às suas redes de
trabalho através da utilização do programa VPN, e
que podem deixar de poder aceder às suas caixas
de correio electrónico da empresa ou às suas
redes internas empresariais a partir de casa. A
utilização de uma qualquer ligação não é
suficiente na maior parte dos casos, por isso,
terá de ser instalada uma ligação protegida que
possibilite o acesso destes clientes à rede
interna da sua empresa e que não deixe entrar
piratas informáticos ou qualquer outro
internauta.



De acordo com Andrew Johnson, a AT&T Broadband
facultará este tipo de ligação desde que esta não
sirva para gerir um negócio a partir de casa. À
semelhança da ExciteAtHome, também a AT&T
Broadband proíbe a transformação das ligações
normais de utilizador em ligações empresariais já
que estas podem ocupar uma grande
largura de banda.



Por seu lado, a Comcast não permite ligações VPN,
embora não pareça que as impeça, até porque, um
serviço empresarial que suporta VPN está
disponível por 95 dólares (21.500 escudos ou
107,9 euros) por mês. Outro aspecto que não está
a agradar aos subscritores é o facto da Comcast
não fornecer acesso aos newsgroups Usenet
– um ponto de encontro na Web onde se pode trocar
desde informações técnicas a filmes.



Na opinião de alguns analistas, a nova empresa
terá de tomar mais atenção às queixas que estão a
surgir da parte dos seus clientes e decidir que
serviços podem disponibilizar. Cynthia Brumfeld
analista do grupo de pesquisa Broadband Intelligence afirma que
a Comcast terá, eventualmente, de ouvir as
exigências dos seus clientes e disponibilizar os
serviços como o VPN.



Os directores executivos da Comcast, Brian
Roberts, e da AT&T Broadband, Bill Schleyer,
falaram recentemente numa conferência sobre os
planos da nova empresa, onde se referiu a
possibilidade de se seguir o exemplo das empresas
de telefones e DSL disponibilizando no futuro
diferentes pacotes de serviços e velocidades para
cada categoria de clientes. "Poderemos
desenvolver pacotes específicos para utilizadores
médios e pesados, em vez de oferecer o mesmo
preço a todos", afirmou Bill Schleyer. Os
analistas partilham da mesma opinião em relação a
este sistema, mas temem que os subscritores
acabem por pagar preços mais elevados.



Notícias Relacionadas:

2001-12-20 - AT&T vende unidade de televisão por
cabo à Comcast

2001-12-05 - ExciteAtHome encerra serviços em
Fevereiro

2001-07-25 - AT&T e AOL em negociações para fusão
dos seus negócios de TV por cabo

2001-07-09 - Comcast quer adquirir negócio de cabo
da AT&T

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.