Depois da Vodafone, a Mobizapp veio também juntar-se às críticas sobre o regulamento da Anacom para o leilão de atribuição das frequências de 4ª geração móvel, embora os motivos sejam diferentes.

Com a intenção de constituir-se como o quarto operador móvel, a empresa que disponibiliza a oferta de Internet Zapp, tinha argumentado, uns dias após o fecho da consulta púbica promovida pelo regulador para recolher opiniões a propósito do modelo escolhido para o leilão, que os moldes em que o procedimento está construído não incentivam à entrada de novos players, o que terá um impacto muito negativo no desenvolvimento económico e social do país a médio e longo prazo.

"Querem mais concorrência no mercado móvel ou não? Queremos melhores preços para os consumidores ou não? Querem concentrar o poder de mercado em poucas entidades ou querem aproveitar esta última oportunidade para mudar a estrutura do mercado?", refere Harbir Singh Nat, director executivo da Mobizapp, numa entrevista publicada esta segunda-feira no Jornal de Negócios.

O responsável afirma ter participado activamente no processo de consulta, apresentando um conjunto de propostas "que considera imprescindíveis para que sejam criados incentivos à entrada de novos operadores 4G nas 'novas' faixas".

A Vodafone, por sua vez, manifestou-se logo no dia após o encerramento da consulta pública, referindo que é a favor do leilão, mas discorda do modelo escolhido pelo regulador para o realizar e considera pouco clara a fórmula apresentada por aquela entidade, no que se refere a "várias medidas que são fundamentais para permitir uma decisão esclarecida e ponderada de investimento por parte dos potenciais licitantes".

A Anacom admitiu há pouco tempo que poderá vir a adiar o leilão, que deveria ser lançado este mês, sendo um dos motivos precisamente o facto de estar a analisar as respostas à consulta pública, bastante participada.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.