A Sony Ericsson
voltou a adiar o lançamento massivo do P800, o seu terminal móvel com
câmara fotográfica digital integrada. A fabricante anunciou ontem que o
telefone será colocado à venda durante a próxima semana em apenas três
países.



A empresa criada a partir das antigas unidades de
telecomunicações da fabricante de equipamentos Ericsson e da gigante da
electrónica de consumo Sony estimou o lançamento do novo modelo para o terceiro
trimestre deste ano. Posteriormente, afirmou contudo que os telefones só
estariam disponíveis em grande volume no mês de Dezembro e início de
Janeiro, dependendo do mercado.



Segundo Roger Bolander, responsável da empresa, citado pela Reuters, o modelo será
agora lançado na Suécia, Emirados Árabes Unidos e Grécia, países onde a
empresa tem centros de atendimento. A partir de Janeiro ou Fevereiro, o
P800 será lançado a nível mundial, "juntamente com o modelo T100",
acrescentou o responsável.



Mediante o lançamento parcial anunciado, a empresa falha a época
de compras do Natal, perdendo possivelmente mais terreno para as suas
rivais, Nokia, Motorola, Samsung e Siemens. A Sony Ericsson
tem neste momento cerca de cinco por cento do mercado global quando os
seus responsáveis afirmam que necessitam entre sete a 10 por cento para
chegar ao lucro.



O topo de gama P800 é um dos poucos produtos até agora
desenvolvidos conjuntamente pelas duas fabricantes e sucede ao T68, um
telemóvel de ecrã colorido que oferece a possibilidade de ligação a uma
câmara fotográfica.



Notícias Relacionadas:

2002-09-02 - Ericsson pode abandonar financiamento de joint
venture
com Sony

2002-03-06 - Sony Ericsson apresenta telemóveis com ecrãs a cor e
serviços MMS
2001-08-28 - Ericsson e Sony selam acordo para fusão de unidades de
telemóveis

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.